Pã: O Deus da Natureza na Mitologia Grega

12/06/2021

     foi, na Mitologia Grega, o Deus da Natureza em Geral, é esta divindade que cuida dos pastores, rebanhos, animais... Ele é conhecido por fugir de Tifão e dar origem ao signo de capricórnio.

Pã na Mitologia Grega:

     , na Mitologia Grega, é o Deus dos bosques, dos campos, dos rebanhos e dos pastores. Vive em grutas e vaga pelos vales e pelas montanhas, caçando ou dançando com as ninfas. É representado com orelhas, chifres e pernas de bode, amante da música, traz sempre consigo uma flauta.

     É temido por todos aqueles que atravessar as florestas à noite, pois as trevas e a solidão da travessia os predispõem a pavores súbitos, desprovidos de qualquer causa aparente, e que são obrigados a Pã; daí o termo "pânico". Pã apaixonou-se pela náiade Sírinx, que rejeitou com desdém o seu amor, recusando-se a aceitá-lo como seu amante pelo fato de ele não ser nem homem, nem bode.

Recomendamos: O Mito de Narciso

Pã, Tifão e Capricórnio:

     então perseguiu-a, mas Sírinx, ao chegar à margem do rio Ladon e vendo que já não tinha possibilidade de fuga, pediu às ninfas dos rios, como náiades, que mudassem a sua forma. Estas, ouvindo como suas preces, atendam ao seu pedido e a transformaram em caniço. Quando Pã a alcançou e quis agarrá-la, não havia nada, exceto o caniço e o som que o ar produzia ao atravessá-lo. Ao ouvir aquele som, Pã ficou encantado e resolveu juntar caniços de diferentes tamanhos, inventando um instrumento musical ao qual chamou Siringe, em honra à ninfa. Esse instrumento musical é mais conhecido pelo nome de flauta de pã, em honra ao próprio deus.

     Pã teria sido um dos filhos de Zeus com sua ama de leite, uma cabra Amalteia. Seu grande amor no entanto foi Selene, uma Lua. Em uma versão egípcia, Pã estava com outros deuses nas margens do rio Nilo e surgiu Tifão, inimigo dos deuses. O medo transformou cada um dos deuses em animais e Pã, assustado, mergulhou num rio e disfarçou assim metade de seu corpo, sobrando apenas a cabeça e a parte superior do corpo, que se assemelhava ao de um bode; a parte submersa adotou uma aparência aquática. Zeus considerou este estratagema de Pã muito esperto e, como homenagem, transformou-o em uma constelação, a que seria Capricórnio. Aliás, foi Zeus que mais tarde derrotou Tifão.


Livros de Mitologia Grega em Oferta >>> https://amzn.to/31OA0lm


Pã em Roma:

     Os latinos chamavam-no também de Fauno e Silvano e se tornou símbolo do mundo por ser associado à natureza e simbolizar o universo. Em Roma era chamado de Lupércio, é o deus dos pastores e de seu festival, celebrado no aniversário da fundação de seu templo, denominado de Lupercália, nos dias 15, 16 e 17 de fevereiro.

     Pã é associado com uma caverna onde Rômulo e Remo foram amamentados por uma loba. Os sacerdotes que o cultuavam vestiam-se de pele de bode. Nos últimos dias de Roma, os lobos ferozes vagavam próximos às casas. Os romanos então convidavam a Luperco para manter os lobos afastados.

Confira Também:

Caos é um Deus Grego e foi considerado por Hesíodo como a primeira divindade a surgir no universo, portanto ele é o mais velho dos Deuses e Titãs. Também é conhecido como Deus primordial da Criação na Mitologia Grega.

Selene é, na Mitologia Grega, a Deusa da Lua. Mas diferentemente de Ártemis (que é da nova geração), Selene é a Deusa Antiga que representa o astro lunar. Essa divindade era muito querida entre os povos antigos.

Plutão ou Pluto, é o nome dado, na Mitologia Romana, ao Deus Grego Hades. Pluto é o Rei do Submundo e tem como animal de estimação, Cérbero, o Cão de três cabeças e guardião do submundo.

Júpiter é o nome dado - na Mitologia Romana a Zeus, o Deus Grego do Trovão e Rei dos Deuses. Zeus foi a divindade mais relevante das mitologias grega e romana, conheça mais sobre este ícone abaixo.

Thalia é, na Mitologia Grega, uma das dezenas de filhas do deus do trovão, Zeus. Essa "semideus" aparece na saga de filmes Percy Jackson e ficou bem conhecida a partir daí. Conheça mais sobre Thalia abaixo.

Fanes é uma divindade pouco conhecida na Mitologia Grega e é associado como o Deus da Vida. Muitas vezes é associado com Caos e também, como a divindade da criação. Foi filho de Chronos, confira abaixo.

Aurora foi, na Mitologia Romana, a Deusa do Amanhecer. Essa divindade (teoricamente) foi um plágio da Deusa Grega "Eos" e também, da Deusa Hindu, Hausus, confira a matéria abaixo.

Laverna é uma deusa exclusiva da Mitologia Romana e essa divindade é a protetora dos ladrões. Laverna tinha seu próprio santuário em Roma, além de ser um antigo espírito do submundo!