Érebo, o Deus da Escuridão da Mitologia Grega

07/04/2020
     Conheça o Deus da Mitologia Grega: Érebo, o Deus da Escuridão e a personificação do mau e das trevas; ele é irmão de Nix e mora em um lugar escuro e vazio chamado Vácuo, confira mais abaixo.

Érebo na Mitologia Grega:

     Érebo ou Érebos (trevas ou escuridão) é, na Mitologia Grega, a personificação das trevas e da escuridão. Tem seus domínios demarcados por seus mantos escuros e sem vida, predominando sobre as regiões do espaço conhecidas como "Vácuo" logo acima dos mantos noturnos de sua irmã Nix, a personificação da noite. Érebo era filho de Caos. 

     Érebo juntamente de sua irmã gêmea, Nix, a personificação da noite, nasceram de cisões assim como se reproduzem os seres unicelulares; a partir de partes de Caos, Érebo e Nix passam a ser os mais velhos imortais do universo, logo após seu pai. Wikipédia

Conheça a Escuridão:

     Érebo desposou Nix, gerando mais dois deuses primordiais: o Éter (a Luz celestial) e Hemera (o Dia). Assim como a irmã, era capaz de tirar a imortalidade dos deuses. Érebo é o próprio universo, senhor dos cosmos e dos buracos negros. Hoje, entretanto, é uma potência esquecida. Está encarcerado no Tártaro. 

     No passado, pretendia libertar, sozinho, os titãs aprisionados pelos olimpianos logo após a Titanomaquia, entretanto caiu em uma emboscada armada pela irmã. Zeus, Hades e Nix, tementes do poder do grande deus primordial e do possível retorno dos titãs, o impediram; os três, unidos, cada um se valendo de seus poderes únicos, jogaram Érebo no rio infernal Aqueronte, o rio da morte. Depois, encaminharam o corpo fragilizado do inimigo para o Tártaro, única prisão capaz de detê-lo.
     Éter: na mitologia grega, é a personificação do conceito de "céu superior", o "céu sem limites", diferente de Urano. É o ar elevado, puro e brilhante, respirado pelos deuses olímpicos, contrapondo-se ao ar obscuro, que os mortais respiravam, sendo deus desconhecido da matéria, em consequência as moléculas de ar que formam o ar e seus derivados.
     Hemera: era filha de Nix (a noite) com Érebo (as trevas), um entidade primordial e a personificação da luz do dia e do ciclo da manhã. Segundo o poeta romano Higino, teve um romance com seu irmão Éter e com ele teve três filhos, Gaia (a Terra), Urano (latim: Coelus, o céu), e Tálassa (o mar). Nasceu junto de Éter e das Hespérides. O equivalente de Heméra no mito romano era Dies.

Um pouco mais sobre Érebo:

     É conhecido por ser um dos maiores inimigos de Zeus. Conta-se que os titãs pediram socorro a Érebo e pessoalmente o primórdio desceu até o Tártaro para libertar os filhos de Gaia, porém foi surpreendido por Zeus e Hades que tiveram a ajuda de Nix para lançar Érebo nas profundezas do rio Aqueronte, a fronteira dos dois mundos. À medida que o pensamento mítico dos gregos se desenvolveu, Érebo deu seu nome a uma região do Hades, por onde os mortos tinham de passar imediatamente depois da morte para entrar no submundo. Após Caronte tê-los feito atravessar o rio Aqueronte, entravam no Tártaro, o submundo propriamente dito. 

Confira também a História de Nix, a Deusa da noite

Filhos de Érebo:

     Além de Éter e Hemera, Érebo teve com Nix outros filhos. Tratavam-se de verdadeiras e próprias divindades, mas também de personificações de abstrações, entre as quais:
  • Tânatos: Personificação da Morte;
  • Hipnos: Personificação do sono e irmão gêmeo de Tânatos;
  • Oniros: Personificações dos sonhos;
  • Momo: o sarcasmo e ironia, expulsa do Olimpo por ter criticado asperamente Zeus e a ternura 
  • Nêmesis: A vingança;
  • Moros: O destino.
  • Geras: Representação da velhice;
  • Apate: Representação do Engano;
  • Éris: Discórdia (Chamada de Discórdia na mitologia romana);
  • Queres: A morte violenta;
  • Oizus: Representação da miséria;
  • Filotes: A representação da amizade.

Confira Também:

Laverna é uma deusa exclusiva da Mitologia Romana e essa divindade é a protetora dos ladrões. Laverna tinha seu próprio santuário em Roma, além de ser um antigo espírito do submundo!

Lissa é, na Mitologia Grega, a Deusa que Personifica a Ira, Raiva e Fúria Desenfreada. Muitas vezes essa divindade é associada a um "Espírito" que tomava a consciência de homens e animais.

Eos significa Aurora e é, na Mitologia Grega, a Deusa do Amanhecer. Foi bastante cultuada pela Religião Grega Antiga. Conheça mais sobre essa divindade abaixo.

Hécate é, na Mitologia Grega, a Deusa Tríplice das Bruxas. Muitas vezes é associada com Nix (a deusa primordial da noite). Hécate foi uma deusa muito adorada na Grécia Antiga, confira.

Crios ou simplesmente "Crio" é o Deus Antigo e Titã das Constelações, Cosmos e Ciclos Estrelares na Mitologia Grega. Foi filho de Urano e Gaia, Conheça mais sobre essa divindade abaixo.

foi, na Mitologia Grega, o Deus da Natureza em Geral, é esta divindade que cuida dos pastores, rebanhos, animais... Ele é conhecido por fugir de Tifão e dar origem ao signo de capricórnio.

Jápeto foi, na Mitologia Grega, o Deus Ancião (Titã) do Céu Estrelado. Foi filho de Urano e Gaia e uma das divindades antigas essenciais. Muitas vezes foi associado com Chronos, a divindade do tempo, confira.

Tétis é, na Mitologia Grega, casada com o Titã Oceano e juntos são os pais das Oceânides (significam a fecundidade da água). Assim como Oceano, Tétis é a Deusa Antiga representada por ser o Mar.

Febe foi, na Mitologia Grega, a Deusa Antiga (ou Titânide) da Purificação, pois era uma divindade ligada com a Luz e adorada por ser a "Profeta" da vida humana.