Surtur ou Surt é o principal Gigante de Fogo da Mitologia Nórdica, além de ser o guardião de um dos mundos: Musphelhein, o País do Fogo. É este gigante que irá lutar contra o Deus Freyr no Ragnarok.

Skoll e Hati, na Mitologia Nórdica, são os filhos do lobo Fenrir e, também, netos de Loki. Ambos puxavam o sol e a lua, além de ter uma papel relevante no Ragnarok como são mencionados no poema Gylfaginning.

Fenrir é, na Mitologia Nórdica, um lobo monstruoso que, no Ragnarok, será libertado de suas correntes e fará um Caos a todos que estiverem em sua frente. Conheça a História e Mito dessa criatura abaixo.

Vili e Vé são, na Mitologia Nórdica e Germânica, os Deuses Irmãos de Odin (o mais sábio dos deuses nórdicos). Ambos são pouco conhecidos, a divindade com mais destaque nessa mitologia é seu irmão.

Hugin e Munin são, na Mitologia Nórdica, os Corvos do Deus Odin. Ambos tem o significado de Pensamento e Memória! São eles quem trazem informações ao Deus. Conheça mais sobre esses corvos abaixo.

Odin (também chamado de Wotan), na Mitologia Nórdica, é o Deus da Vitória. Odin é a divindade mais importante dessa mitologia e é também, o mais sábio entre os deuses e mortais, confira.

Edda em Prosa e Edda em verso são, de uma forma geral, na Mitologia Nórdica poemas tradicionais que explicam a origem (e final) do todo e também, através desses poemas podemos compreender sua tradição.

Como foi a Origem do Mundo Segundo a Mitologia Nórdica? A Criação é um Tema muito relevante e muitas civilizações, religiões (e ciência) tentam explicar, mas até hoje, nada concreto, confira.