Momo: o Deus do Sarcasmo da Mitologia Grega

31/12/2020

     Momo é um Deus pouco Conhecido dentro da Mitologia Grega, no entanto, é um tanto diferente dos demais por ser a representação do Sarcasmo e Ironia, confira mais sobre este ser.


Momo na Mitologia Grega:

     Momo, na Mitologia Grega (burla, crítica ou zombaria) é a personificação do sarcasmo, das burlas e da ironia. É a divindade dos escritores e poetas. 

     Hesíodo contava que Momo é uma filha de Nix, a Noite (Teogonia, 214). Luciano de Samósata recordava o diálogo ampliado Hermotimus em que esta foi convidada para avaliar a criação de três deuses em concurso: Atena, Poseidon e Hefesto. Criticou Atena por ter criado a casa, pois devia ter rodas de ferro em sua base, para que o dono pudesse levá-la assim que viajasse. Zombou do deus do mar por ter criado o Touro com os olhos sob os chifres, quando esses deviam estar no meio, para que ele pudesse ver suas vítimas. 

     Por fim, criticou o ferreiro dos deuses por ter fabricado Pandora sem uma porta em seus peitos para que se pudesse ver o que ela mantinha oculto em seu coração.


Momo era literalmente, uma figura!

     Não bastando isso, ironizou Afrodite, ainda que tudo quanto pudesse dizer dela era que não passava de uma tagarela e que usava sandálias que rangiam no piso do Olimpo. Por fim, teve a audácia de fazer comentários jocosos sobre a infidelidade de Zeus para com Hera. (Filóstrato, Epístolas). Devido a tais coisas, foi exilada do Monte Olimpo.

     Porém, mais tarde, estando Zeus preocupado com o fato de que a Terra oscilava com o peso que a humanidade fazia, permitiu o retorno de Momo ao convívio do Olimpo desde que o ajudasse a descobrir um remédio para tal problema. 

     De forma descontraída e irônica, Momo sugeriu que ele criasse uma mulher, muito bonita, pela qual muitas nações guerreassem e assim se destruíssem. Zeus levou-a a sério e assim nasceu Helena, que levou os gregos à guerra de Troia. Wikipédia


Representação:

     Momo é representado com uma máscara que levanta para exibir seu rosto, e com um boneco numa das mãos, simbolizando a loucura. É constantemente representada no cortejo de Baco, sempre ao lado de Sileno e Como, o deus das farras e da dissolução.


Carnaval:

     Nas festas de carnaval de várias cidades hispanófonas, são rendidas homenagens ao Deus Momo, com diversos atos. Em Cádiz, ocorre a queima de um boneco representando o deus Comus, porém Comos e Momo, se tornaram um só personagem com identidade masculina que acabou por se tornar símbolo das festas do Carnaval a cada ano. No carnaval do Brasil e ainda em Barranquilla (Colômbia), um dos principais personagens dos festejos é o Rei Momo, nome baseado nesta deidade.

Últimos Posts:

Íris é, na Mitologia Grega, a Deusa Mensageira, pois ela liga a Terra ao Olimpo e é também considerada o ser mais veloz dentre todas as divindades. Ela é totalmente plena, confira.

Momo é um Deus pouco Conhecido dentro da Mitologia Grega, no entanto, é um tanto diferente dos demais por ser a representação do Sarcasmo e Ironia, confira mais sobre este ser.

Morfeu, diferente de seu irmão Hipnos (deus do Sono), é o Deus dos Sonhos e Devaneios. Este ser da Mitologia Grega pode aparecer em qualquer sonho e assumir qualquer forma, veja.