Céos, o Titã Grego do Conhecimento

21/05/2020
     Céos é um Titã dentro da Mitologia Grega e Romana e é representado por ser a busca pelo conhecimento e verdade. Ele é um dos 12 Titãs da primeira geração e certamente tinha seu valor para os Helênicos.

Céos na Mitologia Grega:

     Céos, na Mitologia Grega, é um dos titãs que nasceram de Gaia (Gea) e Urano. Foi o titã da inteligência e do conhecimento, sendo casado com a titânide Febe e com ela teve Astéria, a deusa estelar, e Leto, a deusa do anoitecer. 

     Um titã obscuro, que tem importância apenas na construção da árvore genealógica dos deuses gregos, mas sua representação é de fato importante, pois significa sabedoria e autoconheciemtno, principalmente por ter sido avô de Apolo (deus das profecias, da medicina e da música) e de Ártemis (deusa da caça e da vida selvagem)

Trecho da Teogonia de Hesíodo:

"Febe entrou no leito amoroso de Ceos;
E fecundou a Deusa o Deus com amor;
Nasceu Leto de negro véu;
Sempre boa aos humanos e aos Deuses imortais;
doce desde o início;
a mais suave do Olimpo;
Nasceu também Astéria;
Que Perses levou ao seu palácio;
A desposou, e desta união;
nasceu a poderosa Hecate
Que Zeus agraciou com esplêndidos Dons..."


Céos não teve papel ativo na Mitologia Grega:

     Como a maioria dos titãs, Céos não teve papel ativo na mitologia grega; aparece apenas na lista dos titãs, mas é importante pelos seus descendentes. Com sua irmã Febe, Céos foi pai de Leto e Astéria. Embora não explicitamente mencionado, Lelanto é indicado como pai de Céos, ou ao menos parceiro de Leto. Leto deu à luz Artemis e Apolo, filhos de seu relacionamento com Zeus (filho dos titãs Cronos e Reia). 

     Ceos está associado eixo celestial em torno do qual as constelações parecem girar e aos oráculos celestiais, enquanto sua irmã e esposa Febe ("Brilho") estava relacionada a Delfos, tida como eixo e centro da Terra, e a seu oráculo terrestre.Ambos estavam associados a dragões. 

     Ceos estava ligado ao "dragão celestial", a constelação do Dragão, cujas estrelas principais foram as estrelas polares na Alta Antiguidade: Thuban ou Alpha Draconis até 1793 a.C. e Ketu ou Kappa Draconis até cerca de 1000 a.C. Febe estava ligada à "dragoa terrestre", a Píton, guardiã do oráculo e do Eixo do Mundo até ser morta por Apolo.

ASTÉRIA:

     Astéria ou Astrea (virgem das estrelas) é uma das Titãs, que rege as estrelas cadentes, os oráculos e profecias noturnas, incluindo sonhos proféticos, a leitura das estrelas (astrologia) e necromancia. Ela representa o aspecto escuro da noite, enquanto sua irmã, Leto, representa o aspecto acolhedor da noite. Essa característica noturna das irmãs foi herdada de sua mãe, Febe (ou Phoebe), a primeira Deusa da Lua honrada pelos gregos e também tida como Deusa do intelecto brilhante. Muitas vezes as pessoas confundem essa Deusa com Astréia, Deusa da Justiça e da Pureza, mas são deidades bem diferentes.

LETO:

     Latona (na mitologia romana), ou Leto (na mitologia grega), era uma deusa, filha de Febe e Céos, e mãe de Febo (Apolo) e de Diana (Ártemis). Era a deusa do anoitecer. Latona foi uma deusa amante de Júpiter. Ela era uma deusa da maternidade e com seus filhos, uma protetora das crianças. Seu nome e iconografia sugerem que ela também era uma deusa da modéstia e recatada. Assim como sua irmã Astéria ela também pode ter sido uma deusa da noite, ou, alternativamente, da luz do dia. 

     Quando engravidou dos dois, cujo pai era Júpiter, teve que fugir da ira da ciumenta deusa suprema Juno (Hera), que tinha pedido que Gaia não cedesse lugar na terra para que a deusa pudesse dar à luz seus filhos. 

     A ilha flutuante de Delos, eventualmente, lhe forneceu refúgio. Para dar á luz as crianças na ilha, ela teve que fugir da serpente Píton, que Apolo mataria mais tarde. Mais tarde, quando ela foi posteriormente viajou para Delfos, os titãs tentaram raptá-la, mas Apolo interveio e matou-o com flechas.

Confira Também:

Laverna é uma deusa exclusiva da Mitologia Romana e essa divindade é a protetora dos ladrões. Laverna tinha seu próprio santuário em Roma, além de ser um antigo espírito do submundo!

Lissa é, na Mitologia Grega, a Deusa que Personifica a Ira, Raiva e Fúria Desenfreada. Muitas vezes essa divindade é associada a um "Espírito" que tomava a consciência de homens e animais.

Eos significa Aurora e é, na Mitologia Grega, a Deusa do Amanhecer. Foi bastante cultuada pela Religião Grega Antiga. Conheça mais sobre essa divindade abaixo.

Hécate é, na Mitologia Grega, a Deusa Tríplice das Bruxas. Muitas vezes é associada com Nix (a deusa primordial da noite). Hécate foi uma deusa muito adorada na Grécia Antiga, confira.

Crios ou simplesmente "Crio" é o Deus Antigo e Titã das Constelações, Cosmos e Ciclos Estrelares na Mitologia Grega. Foi filho de Urano e Gaia, Conheça mais sobre essa divindade abaixo.

foi, na Mitologia Grega, o Deus da Natureza em Geral, é esta divindade que cuida dos pastores, rebanhos, animais... Ele é conhecido por fugir de Tifão e dar origem ao signo de capricórnio.

Jápeto foi, na Mitologia Grega, o Deus Ancião (Titã) do Céu Estrelado. Foi filho de Urano e Gaia e uma das divindades antigas essenciais. Muitas vezes foi associado com Chronos, a divindade do tempo, confira.

Tétis é, na Mitologia Grega, casada com o Titã Oceano e juntos são os pais das Oceânides (significam a fecundidade da água). Assim como Oceano, Tétis é a Deusa Antiga representada por ser o Mar.

Febe foi, na Mitologia Grega, a Deusa Antiga (ou Titânide) da Purificação, pois era uma divindade ligada com a Luz e adorada por ser a "Profeta" da vida humana.