Caronte: O Barqueiro dos Rios Estige e Aqueronte

18/02/2021

     Caronte é, na Mitologia Grega, o Barqueiro do Mundo Inferior (Reino de Hades) e era esta divindade a responsável por separar os homens do mundo dos vivos ao dos mortos.

Caronte na Mitologia Grega:

     Caronte, na Mitologia Grega, é o barqueiro de Hades, que carrega as almas dos recém-mortos sobre as águas do rio Estige e Aqueronte, que dividiam o mundo dos vivos do mundo dos mortos. Uma moeda para pagá-lo pelo trajeto, geralmente um óbolo ou dânaca, era por vezes colocado dentro ou sobre a boca dos cadáveres, de acordo com a tradição funerária da Grécia Antiga. 

     Segundo alguns autores, aqueles que não tinham condições de pagar a quantia, ou aqueles cujos corpos não haviam sido enterrados, tinham de vagar pelas margens por cem anos.

     Caronte era filho de Nix (a Noite) e Érebo (a Escuridão). Era também irmão de Hipnos (o Sono) e Tânatos (a Morte). No mitema da catábase, ou descida ao mundo dos mortos, alguns heróis, como Hercules, Orfeu, Enéas, Dioniso e Psiquê conseguem viajar até o mundo inferior e retornar ainda vivos, trazidos pela barca de Caronte.

Caronte e Hades:

     Quando chegasse ao  Hades, o morto deveria oferecer o óbolo  ao barqueiro  Caronte. Aqueles que não tivessem a moeda, ficariam  vagando tristemente nas margens do rio  Estige. Feito isso,  Caronte  guiava o barco até o palácio de  Hades, passando por cinco rios principais: 


Livros de Mitologia Grega em Oferta >>> https://amzn.to/31OA0lm


  • Aqueronte (rio das dores e aflições); 

  • Lete (rio do esquecimento, no qual as almas bebiam de suas águas, para voltarem à Terra).

  • Flegetonte ou Piriflegetonte (rio das chamas inextinguíveis);

  • Estige (o gelado rio dos horrores, no qual os deuses faziam seus juramentos, assim considerado o rio do ódio); 

  • Cócito (rio dos gemidos e lamentações); 

     Esses rios ligavam os vários planos do Hades. O palácio de Hades era guardado por Cérbero, um grande cão de múltiplas cabeças, que impedia a fuga das almas e evitava intrusos. Quando chegavam, as almas desembarcavam e se apresentavam ao grande tribunal para serem julgados. 

Confira Também:

Júpiter é o nome dado - na Mitologia Romana a Zeus, o Deus Grego do Trovão e Rei dos Deuses. Zeus foi a divindade mais relevante das mitologias grega e romana, conheça mais sobre este ícone abaixo.

Thalia é, na Mitologia Grega, uma das dezenas de filhas do deus do trovão, Zeus. Essa "semideus" aparece na saga de filmes Percy Jackson e ficou bem conhecida a partir daí. Conheça mais sobre Thalia abaixo.

Fanes é uma divindade pouco conhecida na Mitologia Grega e é associado como o Deus da Vida. Muitas vezes é associado com Caos e também, como a divindade da criação. Foi filho de Chronos, confira abaixo.

Aurora foi, na Mitologia Romana, a Deusa do Amanhecer. Essa divindade (teoricamente) foi um plágio da Deusa Grega "Eos" e também, da Deusa Hindu, Hausus, confira a matéria abaixo.

Laverna é uma deusa exclusiva da Mitologia Romana e essa divindade é a protetora dos ladrões. Laverna tinha seu próprio santuário em Roma, além de ser um antigo espírito do submundo!

Lissa é, na Mitologia Grega, a Deusa que Personifica a Ira, Raiva e Fúria Desenfreada. Muitas vezes essa divindade é associada a um "Espírito" que tomava a consciência de homens e animais.

Eos significa Aurora e é, na Mitologia Grega, a Deusa do Amanhecer. Foi bastante cultuada pela Religião Grega Antiga. Conheça mais sobre essa divindade abaixo.

Hécate é, na Mitologia Grega, a Deusa Tríplice das Bruxas. Muitas vezes é associada com Nix (a deusa primordial da noite). Hécate foi uma deusa muito adorada na Grécia Antiga, confira.

Crios ou simplesmente "Crio" é o Deus Antigo e Titã das Constelações, Cosmos e Ciclos Estrelares na Mitologia Grega. Foi filho de Urano e Gaia, Conheça mais sobre essa divindade abaixo.