Íris: a Deusa Mensageira da Mitologia Grega

02/01/2021

     Íris é, na Mitologia Grega, a Deusa Mensageira, pois ela liga a Terra ao Olimpo e é também considerada o ser mais veloz dentre todas as divindades. Ela é totalmente plena!

Íris na Mitologia Grega:

     Íris na Mitologia Grega, era a filha de Taumas e de Electra; Taumas era filho de Ponto e de Gaia e Electra era uma das oceânides, as filhas de Oceano e Tétis. Íris é casada com Zéfiro. Suas irmãs eram Arce e as harpias: Aelo, Celeno e Ocípite.

     Íris era a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses. Como o arco-íris para unir a Terra e o céu. Íris é a mensageira dos deuses para os seres humanos; neste contexto ela é frequentemente mencionada na Ilíada, mas jamais na Odisseia, onde Hermes toma seu lugar.

     Seus irmãos são: Arce, Aelo, Celeno e Ocípite

Casamento:

     O casamento de Íris com Zéfiro (Deus do vento) foi entrelaçado com muita paixão. Íris e Hermes eram rivais em tudo, depois de terem se amado por muito tempo e ele a trair com Afrodite. Então Íris e Hermes se separaram e ela foi seduzida por Zéfiro. Embora casada, Íris é considerada uma virgem. A divindade do arco-íris não somente seguia as ordens de Hera, tanto quanto focava em ligar o mundano com o celeste, acabando por não ter tempo para uma relação amorosa.

Representação:

     Íris é representada como uma virgem com asas de ouro, que se move com a leveza do vento de um lado para outro do mundo, nas profundezas dos oceanos e no mundo subterrâneo (Hades). Ela é especialmente a mensageira de Hera, e é associada com Hermes. Íris era frequentemente descrita como aia e mensageira pessoal de Hera. 


Livros de Mitologia Grega em Oferta >>> https://amzn.to/31OA0lm


     Nos vasos gregos, é representada como uma bela jovem com asas douradas, um kerykeion (bastão de mensageiro) e, às vezes, um oinichoe (jarro de vinho). Geralmente aparecia ao lado de Zeus ou de Hera, às vezes servindo néctar do seu jarro. 

     Como copeira dos deuses, Íris é frequentemente indistinguível de Hebe na arte. Para os gregos, que na maioria viviam perto do mar, o arco-íris era mais frequentemente visto cobrindo a distância entre as nuvens e o mar e por isso imaginavam que a deusa reabastecia as nuvens de chuva com água do mar. Não era uma deusa considerada maléfica, apesar de, nas histórias, ter ajudado Hera junto de Loucura a acabar com a família de Hércules

Confira Também:

Caos é um Deus Grego e foi considerado por Hesíodo como a primeira divindade a surgir no universo, portanto ele é o mais velho dos Deuses e Titãs. Também é conhecido como Deus primordial da Criação na Mitologia Grega.

Selene é, na Mitologia Grega, a Deusa da Lua. Mas diferentemente de Ártemis (que é da nova geração), Selene é a Deusa Antiga que representa o astro lunar. Essa divindade era muito querida entre os povos antigos.

Plutão ou Pluto, é o nome dado, na Mitologia Romana, ao Deus Grego Hades. Pluto é o Rei do Submundo e tem como animal de estimação, Cérbero, o Cão de três cabeças e guardião do submundo.

Júpiter é o nome dado - na Mitologia Romana a Zeus, o Deus Grego do Trovão e Rei dos Deuses. Zeus foi a divindade mais relevante das mitologias grega e romana, conheça mais sobre este ícone abaixo.

Thalia é, na Mitologia Grega, uma das dezenas de filhas do deus do trovão, Zeus. Essa "semideus" aparece na saga de filmes Percy Jackson e ficou bem conhecida a partir daí. Conheça mais sobre Thalia abaixo.

Fanes é uma divindade pouco conhecida na Mitologia Grega e é associado como o Deus da Vida. Muitas vezes é associado com Caos e também, como a divindade da criação. Foi filho de Chronos, confira abaixo.

Aurora foi, na Mitologia Romana, a Deusa do Amanhecer. Essa divindade (teoricamente) foi um plágio da Deusa Grega "Eos" e também, da Deusa Hindu, Hausus, confira a matéria abaixo.

Laverna é uma deusa exclusiva da Mitologia Romana e essa divindade é a protetora dos ladrões. Laverna tinha seu próprio santuário em Roma, além de ser um antigo espírito do submundo!