Leão de Nemeia e Hércules: História e Significado

28/01/2021

     Leão de Nemeia foi, na Mitologia Grega, um dos inimigos de Hércules. Em sua História, foi filho de Tifão e uma criatura que causava muitos problemas por onde morava.


Leão de Nemeia na Mitologia Grega:

     Leão de Nemeia, na Mitologia Grega, era uma criatura que habitava a planície de Nemeia, na Argólida, onde aterrorizava toda aquela região.

     A terrível fera não podia ser morta por um homem normal por ter couro de material impenetrável para mortais (humanos) e todos os que tentavam enfrentá-lo ficavam completamente aterrorizados pelo seu rugido, que podia ser ouvido a quilômetros de distância. Além disso, arma alguma podia penetrar o couro do animal! Todos que o tentavam matar com lanças ou flechas acabavam sendo devorados.

     A origem do Leão de Nemeia é controversa. Segundo algumas versões, dão como fruto da união de Equidna e seu próprio filho Ortros, o cão de duas cabeças. Outra versão é de que seria filho de Cérbero com Quimera, e portanto neto de Tifão e Equidna.

     No entanto, partimos da versão mais conhecida e aceita, onde o Leão seria filho de Tifão e Equidna.

Recomendamos: Tifão e Equidna

Hércules e o Leão de Nemeia:

     No primeiro dos seus famosos doze trabalhos, Hércules recebeu de Euristeu a missão de derrotar o Leão de Nemeia, para dar fim à devastação que este causava. De início, Hércules tentou atingi-lo com suas flechas, inutilmente. Irritado, o herói aplicou com sua clava um golpe tão tremendo na cabeça do animal, que este caiu desacordado. 

     Depois de estrangulá-lo, Hércules extraiu o couro do animal com as próprias garras, uma vez que nenhuma arma de ferro o conseguia cortar ou perfurar. A partir daí Hércules passou a usar sua pele como um manto protetor, com a cabeça do leão servindo-lhe de elmo.

Recomendamos: Belerofonte e Quimera