Cárites: As Três Graças da Mitologia Grega

12/03/2020
     As três Graças ou Cárites eram conhecidas por representarem a arte (consideradas todas representações artísticas) dentro da Mitologia Grega e Romana. Conheça mais sobre elas lendo a matéria abaixo. 

As Três Graças:

     As Três Graças ou Cárites, na mitologia grega, são as deusas do banquete, da concórdia, do encanto, da gratidão, da prosperidade familiar e da sorte, ou seja, das graças. 

     Eram normalmente consideradas filhas de Zeus com Eurínome. Porém, outras versões do mito as colocam como filhas de Zeus com Eunômia, filhas de Dioniso, de Hera, e até do deus-sol, Hélio. Homero escreveu que elas faziam parte da comitiva de Afrodite, acompanhando a deusa a todos os lugares. Dotadas de beleza e virtudes, também acompanhavam Hera, e eram dançarinas das festas no monte Olimpo. 

     Também eram identificadas com as primitivas musas, em virtude de sua predileção pelas danças corais e pela música. Ao que parece, seu culto se iniciou na Beócia, onde eram consideradas deusas da vegetação.

As Três Graças na Pintura:

     Embora pouco relevantes na mitologia greco-romana, o tema das Graças, era recorrente na pintura renascentista e originou quadros célebres como A primavera, de Botticelli (1445 - 1510), e As três Graças, de Rubens (1577 - 1640). Um dado curioso é que em Florença do século XV, os filósofos humanistas as viam como as três fases do amor: beleza, despertar do desejo e alcance da satisfação. Mas, curiosamente, também as viam como símbolo da castidade.

Recomendamos: Frases de Buda

As Graças:

     As Graças presidiam os banquetes, as danças, os encontros sociais e as ocasiões festivas. Portanto, isso faz delas o arquétipo associado a tudo o que nos traz prazer, contentamento e emoções positivas. A Deusa Tríplice, em geral, está associada aos ciclos da vida humana, como por exemplo, o ciclo nascimento / vida / morte. O nome de cada uma delas varia nas diferentes lendas. Na Ilíada de Homero aparece uma só Cárite, Aglaia. Apesar das variações regionais, o trio mais frequente é:

Tália - a que faz brotar flores.

Eufrosina - o sentido da alegria; esposa de Hipnos.

Aglaia - a claridade; esposa de Hefesto.

As Graças na Mitologia Grega:

     Este arquétipo, portanto, nos ensina que as virtudes do amor, da caridade e da produção da beleza mais elevada devem ser buscadas dentro de nós por meio do esforço individual. Superando nossa sede de vingança, representada pelas Erínias, para que o tecido da vida nos permita desfrutar a felicidade e o deleite proporcionados pelas Graças

Conheça também as 9 Musas Inspiradoras

Últimos Posts:

O Colosso de Rodes foi, na Mitologia Grega, uma estátua Gigante em homenagem ao Deus e Titã do Sol Hélio. De fato essa obra existiu e foi considerada como uma das maravilhas do mundo antigo.

Hércules foi, na Mitologia Grega, um dos personagens mais relevantes. Além de ser filho de Zeus, Hércules foi conhecido por seus 12 trabalhos, conheça quais foram.