TUDO SOBRE THEOKOLES

24/04/2020

     Você com certeza conheceu Theokoles dentro da série Spartacus (rival de Oenomaus) e se perguntou se esse monstro realmente existiu. Conheça sua história dentro da série e algumas especulações fora dela.

QUEM FOI THEOKOLES NA SÉRIE SPARTACUS?

     Theokoles é um enorme gladiador albino grego com pele pálida e olhos avermelhados. Sua pele está coberta de cicatrizes, apoiando o boato de Varro de que ele foi cortado 1000 vezes; em particular seu rosto, através do qual existem dois cortes profundos, ao lado de seu tronco e braços. Ele tem uma tatuagem em um ombro, que foi dada a ele por um bando de piratas que ele serviu por um tempo. O albinismo de Theokoles é responsável por sua pele pálida, olhos vermelhos e fotofobia, o que permitiu a Crixus cegá-lo facilmente com a luz do sol refletida. Ele luta com muito pouca armadura, apenas adornando um balteus e empunha duas espadas. Suas espadas são muito maiores do que os gladii padrão, um benefício para seu tamanho maciço.

A PERSONALIDADE DE THEOKOLES

     Um gladiador que cuida da glória e da fama acima de tudo, mesmo depois de ganhar mil fortunas em todas as suas batalhas na arena. Ele gosta de brincar ou provocar seus oponentes para divertir a multidão, aparentemente mostrando falta de habilidade verdadeira em um primeiro momento, antes de se mudar como o poderoso guerreiro que ele realmente é. Ele também parece ter uma alta resistência à dor, ser capaz de suportar feridas graves e até fatais e continuar a lutar como se não houvesse nada para impedi-lo. Apesar disso, Theokoles possui um coração bondoso, não sendo capaz de suportar ouvir ou ver mulheres com dor ou desespero. Por fim, seu amor pela arena vem do fato de que ele nunca foi aceito em nenhum outro lugar, e que foi a arena em que ele floresceu. 

A FORÇA DE THEOKOLES

     Theokoles é o maior, mais forte e durável guerreiro encontrado na série, cujas batalhas lendárias foram gravadas na história da arena. O gigante mostra uma grande quantidade de habilidade, sendo capaz de derrotar Oenomaus e deixar Crixus gravemente ferido, ambos são dois dos guerreiros mais habilidosos da série. Ele nunca foi derrotado em sua carreira e Theokoles já derrotou 100 homens na arena. Theokoles mostra imensa força e durabilidade, recebendo muitas feridas e continuando lutando sem problemas. Theokoles luta no estilo Dimachaeri, um estilo de luta com duas espadas, geralmente mais adequado para gladiadores pequenos e ágeis. Apesar disso, ele usa sua força e tamanho para empunhar as duas lâminas tão habilidosas quanto qualquer outro Dimacheri.

A HISTÓRIA DESSA LENDA

     Theokoles nasceu em uma pequena vila na região de Esparta, na Grécia. Ele era extremamente grande e poderoso, mesmo quando criança, mas sua mãe ainda o tratava com amor e carinho. Eventualmente, ela faleceu e ele cresceu sendo um gigante e fazendeiro gentil. Tratado como um monstro pelos outros moradores, ele finalmente se apaixonou por Karina, a única pessoa a mostrar-lhe bondade. No entanto, Karina morre em um relacionamento com Theokoles e isso faz com que toda a vila finalmente se vire contra ele, chamando-o de monstro e todos os tipos de nomes. Com tristeza e raiva, ele matou tudo o que o atacou e enterrou Karina ao lado de sua mãe, antes de seguir em frente. Theokoles vagou para o qual mais tarde salvou a vida do filho de Gharib. Gharib era um capitão pirata e eles receberam Theokoles de braços abertos. Eles navegam pelos mares ganhando fortuna e fama e Theokoles eventualmente ganha uma tatuagem. No entanto, quando os piratas tentam estuprar várias mulheres, a mente de Theokoles muda e ele começa a lutar e matar os piratas. Durante esse período, uma tempestade atinge e o navio é esmagado pelas ondas, com Theokoles sendo enviado para o mar severo.

     Mais tarde, ele se vê capturado por soldados romanos. Ele é enviado para a arena, onde floresce e, depois de anos sendo chamado de monstro e animal, encontrou um lugar onde as pessoas aplaudem seu nome. Ao longo dos anos, ele se torna mais famoso e mais vitorioso, nunca tendo perdido uma batalha. Ele logo é batalhado por Oenomaus, o campeão da Casa de Batiatus. Eles lutam duro, quase iguais por um tempo, embora Theokoles ainda seja o combatente muito mais forte. Antes de dar o golpe final, no entanto, ele ouve o grito de Melitta. Isso o move, e ele diz a Oenomaus para pegar sua espada. No entanto, o editor dos jogos observa a habilidade de Oenomaus e sua capacidade de lutar por mais tempo do que qualquer outro gladiador contra Theokoles e concede a ambos a vitória. Enquanto Theokoles está satisfeito, Oenomaus está pessoalmente desapontado. Ao longo dos muitos anos em que lutou na arena, ganhando milhares de fortunas e ganhando todas as vitórias contra os gladiadores que enfrentou, mais tarde se retirou para um lugar desconhecido.

SPARTACUS: BLOOD AND SAND

     Theokoles é mencionado algumas vezes na série, falado com medo e reverência. Kerza e Varro contam como ele foi cortado mais de mil vezes e que apenas um conseguiu sobreviver em uma batalha contra ele. Spartacus, no entanto, não acredita nas histórias sobre ele, o que faz com que os outros gladiadores o zombem ainda mais. Solonius compra Theokoles aposentado para superar Batiatus. Ele deve lutar contra os gladiadores de Batiatus, Crixus e Spartacus, pois apenas um gladiador não seria suficiente. À medida que os jogos se aproximam, Oenomaus treina o par, dominando-os com uma intensidade semelhante que empalidecerá pelo que enfrentarão na arena. Oenomaus conta a eles sobre sua própria luta com a Sombra da Morte, revelando suas feridas e dizendo que somente lutando como um, eles terão uma chance.
     Spartacus e Crixus entram na arena no dia dos jogos, com antecipação quando o seu lendário adversário aparece diante deles. Theokoles entra na arena com muitos espectadores aplaudindo com admiração e espanto a própria lenda. Spartacus e Crixus atacam rapidamente seu oponente, lutando como um e conseguem superar o grande gigante. Theokoles cai com grandes feridas, a multidão aplaude e Spartacus e Crixus comemoram quando sua vitória veio rapidamente de seus esforços combinados. No entanto, a multidão para de aplaudir quando Theokoles se levanta novamente, tendo brincado com eles o tempo todo, e grita a famosa frase de Crixus: "Capua! Devo começar?" como uma provocação antes dos três retomarem a batalha. Seu ataque combinado falha quando Crixus se recusa a lutar com Spartacus e Theokoles consegue ferir seriamente Crixus. Theokoles é decapitado por Spartacus. Antes de terminar Crixus, Spartacus grita com Theokoles para chamar sua atenção. Spartacus, aproveitando o escudo de Crixus para se lançar no ar, faz um ataque feroz. Spartacus inicialmente luta bem por conta própria, mas Theokoles rapidamente começa a ganhar vantagem, empurrando facilmente o trácio. Ainda não desistindo, mesmo com o interior exposto, Crixus pega um capacete nas proximidades e reflete a luz no rosto de Theokoles, cegando-o momentaneamente. Spartacus aproveita o momento, circula atrás de Theokoles e o aleijou de joelhos e o golpeia repetidamente antes de acabar com ele por decapitação. Spartacus Fandom

ATOR DE THEOKOLES

     Reuben de Jong é um lutador de artes marciais misturadas, kickboxing e wrestling profissional e praticante de atletismo de força (strongman) neozelândes. Passou pela WWE, no território de desenvolvimento Florida Championship Wrestling (FCW), sob o nome no ringue Russell Walker. Sua sequência no kickboxing é de 1-3 e no MMA de 2-0.

THEOKOLES EXISTIU?

     As informações sobre este monstro são extremamente escassas. Existem especulações de que sim, ele existiu... No entanto, não existem evidenciais e nem sequer provas mínimas para comprovarmos a existência desta lenda. Devemos apenas ficar na História ficticia vista acima e imaginarmos em nossa memória, como ele seria.

CURIOSIDADE: THEOKOLES E O ESPIRITISMO

     O duplo etérico ou corpo vital nas pessoas encarnadas é o reservatório de ectoplasma, fluido animalizado, em suma o reservatório energético que sustenta a ligação entre o corpo astral e o corpo físico através dos chacras, que ligam esses corpos entre si. Vemos o "gladiador agênere", o gigante Theokoles com 2,10 cm, que não consegue falar muito claramente, possui olhos sem vivacidade, sem nitidez, exatamente como um agênere. O curioso é que seja por inspiração ou outro tipo de mediunidade, o autor do episódio descreveu um fato verídico, pois a luta dos dois gladiadores (Espártaco e Crixo) contra Theokoles realmente ocorreu, sendo inclusive o "gladiador agênere" relatado na série como "sombra da morte" por receber inúmeros ferimentos e nunca morrer;
     O tal "gladiador agênere" foi uma das estratégias do submundo astralino para impedir que Moisés, encarnado como o famoso gladiador Espártaco, permanecesse vivo, pois era de conhecimento deles a missão a ele confiada: colocar fim a república romana, que patrocinava um regime de intensa corrupção alicerçado numa população composta por quase 40% de escravos. Theokoles, o gladiador invencível, que matou 99% dos gladiadores que enfrentou e que mesmo ferido gravemente nunca sucumbia, era na verdade um agênere, um espírito desencarnado com duplo etérico materializado que permitia ferimentos tangíveis, mas que na verdade eram um mera ilusão, pois na verdade ele não tinha um corpo físico de carne e ossos, não podia morrer.Na noite anterior a luta, a mulher de Espártaco que foi separada dele quando o prenderam e tornaram-no escravo, aparece para ele e Crixo em sonho, na verdade um autêntico desdobramento consciente, e explica como ele precisaria agir para aprisionar o "fantasma" na arena.
     Valina, a mulher de Espártaco (na série ela aparece com o nome de Sura) era uma mulher do campo e grande profetiza, como menciona em seus escritos históricos o filósofo grego Plutarco (45-120 D.C). Ela foi uma das grandes responsáveis por trazer a tona algumas lembranças, de conhecimentos iniciáticos à Espártaco, necessárias para que ele derrotasse a "sombra da morte". Naquela encarnação, Espártaco não possuía o acesso irrestrito a esse conhecimento iniciático que possuiu nas encarnações como Atlas e Moisés. A ação da sua esposa foi muito útil para ajudá-lo, sobretudo a despertar as lembranças de como usar o magnetismo do seu espírito através do olhar e do som da voz, um conhecimento que seria fundamental para cativar e manter unidos no propósito de luta pela liberdade um exército que chegou a contar com mais de 100 mil escravos rebelados.
     Valina conhecia como poucas pessoas o uso das ervas e plantas, para cura e "magia". Ela intuiu naquela noite Crixo a conseguir uma planta específica que deveria passar por toda a sua espada, o que não foi muito difícil já que na época o gladiador gaulês era não apenas o campeão da pequena Cápua como também um dos amantes prediletos da mulher do lanista (proprietário dos gladiadores). Aquela planta quando entrasse em contato com o corpo materializado do agênere permitiria que ele ficasse temporariamente incapaz de se desmaterializar, enfraquecendo a ligação do corpo mental do agênere ao duplo etérico utilizado por ele na materialização, não permitindo assim que ele "fugisse" se desmaterializando perante a uma iminente derrota. O maior desejo de Crixo era tornar-se o único a vencer o lendário Theokoles, então Valina deixou a lembrança daquele desdobramento consciente em Crixo, que se ele usasse aquela flor e cravasse fundo na barriga de Theokoles a espada cheia daquela substância, ele então derrotaria o "sombra da morte", pois seria um ferimento "mágico" que nem os "deuses" poderiam curar. Do mesmo modo, Valina deixou viva na lembrança de Espártaco que após Crixo cravar a espada em Theokoles, seria o momento de atacar com todas as forças e assim derrotar o agênere gigante.
     Após Crixo cravar a espada no agênere ele foi realmente atingido tombando no chão, mas o efeito foi imediato, o agênere sentiu suas forças diminuírem e ao tentar se desmaterializar não conseguiu, tendo então a cabeça decepada por Espártaco. A planta permitiria que o espírito do agênere ficasse preso aquele duplo, que continuava a ser alimentado pelo ectoplasma da multidão que assistia a carnificina na arena, dessa forma nem ele conseguia se libertar e desmaterializar o corpo (juntamente com a cabeça separada) e nem o corpo se desmaterializava. O resultado foi que horas depois o fim do "espetáculo" de sangue, o corpo foi jogado ao fogo, expulsando automaticamente o espírito do agênere daquele duplo etérico, que foi então "diluído" e desapareceu, pois o fogo e a ação da planta anularam por completo o veneno utilizado pelos cientistas do astral que mantinha aquele duplo, de um espírito já desencarnado, ainda coeso.
     Theokoles nunca mais voltaria a ficar de pé. O antigo mago da escuridão atlante, que havia sido o líder da população branca, Gaderius, novamente perdia para Atlas. Sua sede de vingança, porém, faria com que em breves anos ele retornasse a matéria, encarnado, a caça de João Batista. Espártaco e Crixo sobreviveram, a rebelião de escravos tempos depois pôde ocorrer sob a liderança de Espártaco e serviu de inspiração para as futuras gerações a lutarem contra a escravidão e contra os desmandos de Roma, assim como muitos dos cristãos primitivos que demonstraram grande bravura nas arenas romanas, inspirados naquele que foi o símbolo da luta pela liberdade. Matéria

POSTS RECENTES EM NOSSO BLOG:

Oenomaus ficou conhecido por sua participação na 3° Guerra Servil, liderados pelo rebelde Spartacus. Na série ele foi o único gladiador que enfrentou Theokoles e sobreviveu! Confira sua história abaixo.

Liam Mcintyre ficou bem conhecido após seu papel relevante como protagonista da série Spartacus após a infeliz morte do primeiro e brilhante ator Andy Whitfield. Confira alguns fatos sobre esse ícone abaixo.

Talvez você não saiba quem foi de fato o ator Andy Whitfield. Ele ficou popularmente conhecido após a primeira temporada da série Spartacus, mas além disso, ele teve vários papéis em diferentes filmes, confira.

Crixus na série Spartacus é sem sombra de dúvidas um dos mais conhecidos gladiadores. Ele possui um temperamento irritadiço e é meio "Xucro". Ele de fato existiu e teve um papel relevante da 3° Guerra Servil.

Gannicus talvez seja o gladiador que mais possui personalidade dentro da série Spartacus. É sabido por nós que você adora este personagem. Confira tudo sobre Gannicus dentro da história e na série.

Você com certeza conheceu Theokoles dentro da série Spartacus (rival de Oenomaus) e se perguntou se esse monstro realmente existiu. Conheça sua história dentro da série e algumas especulações fora dela.

Você aí é fã da Série Spartacus ou ao menos já assistiu a série do ex escravo que tornou-se um homem livre e fez a própria republica romana tremer? Confira abaixo um filme perfeito pra você!

Você com certeza já ouviu falar em Spartacus. Hoje em dia, Spartacus é sinônimo de Liberdade, mas nem sempre foi assim... Há uma vida atrás, Spartacus era apenas um escravo. Quem foi Spartacus na vida real.

Descubra inúmeros motivos para Assistir Spartacus! Essa é uma série produzida pela Starz, inclusive, é também a mais aclamada pela produtora! Você aí que ainda não assistiu a série, assista!

Como fotografar com celular: Aprenda a tirar ótimas fotos com um celular mediano. Aproveite as ferramentas de seu aparelho e use a iluminação externa ao seu favor. Aprenda a usar os recursos limitados do seu celular.