O que é Mitologia Grega? Conheça os Mitos e Deuses

14/05/2021

     Descubra agora o que é a famosa Mitologia Grega! Além disso, explicamos também quais são os principais Deuses, Personagens, Mitos e Seres Mitológicos. Devemos muito do que somos hoje aos Helênicos, confira!


O que é Mitologia Grega?

     Mitologia Grega é o estudo dos conjuntos de narrativas relacionadas com os mitos dos grãos antigos e dos seus significados. Para muitos estudiosos modernos, os Mitos Gregos são o mesmo que lançar luz sobre a compreensão da sociedade grega antiga e seu comportamento, bem como suas práticas ritualísticas. Os mitos gregos ilustram como origens do mundo, os modos de vida, como aventuras e desventuras de uma ampla variedade de deuses, deusas, heróis, heroínas e de outras criaturas mitológicas.

     Ao longo dos tempos, esses mitos foram expressos através de uma extensa coleção de narrativas, que anteriores a literatura grega, e também na representação de outras artes, como a pintura da Grécia Antiga e a cerâmica de figuras vermelhas. Inicialmente divulgados em tradição oral-poética, atualmente esses mitos são tratados apenas como parte da literatura grega. Tal literatura abrange as mais fontes literárias da Grécia Antiga: os poemas épicos Ilíada e Odisseia (ambos encontrados a Homero e que tratam dos acontecimentos em torno da Guerra de Troia, destacando a influência de deuses e outros seres), também a Teogonia e Os Trabalhos de Hércules, ambos procurados por Hesíodo. Wikipédia

O mais fascinante sobre os Deuses Gregos é que eles tinham desejos da "Carne" humana, ou seja, apaixonavam-se, sentiam raiva, tristeza, rancor, angustia... Tudo dá a entender que seja pelo fato dos seres-humanos confortarem-se com sua real natureza.

Os Seres Mitológicos:

     Existem inúmeras figuras de seres mitológicos dentro da Mitologia Grega, dentre algumas das mais famosas estão listadas abaixo, confira:

  • Heróis: são aqueles famosos "semi-deuses" que inspiraram centenas de filmes no cinema como: Fúria de Titãs, Jasão e os Argonautas, Troia... Dentre os heróis mais famosos estão: Aquiles, Jasão, Teseu, Belerofonte, Hércules, Polifemo (apesar de ser um ciclope também era considerado semi-deus) e Perseu;
  • Ninfas: representavam a beleza da natureza e sempre eram figuras femininas lindas e felizes. Elas cuidavam das florestas e dos lagos;
  • Górgonas: eram três irmãs com cabelos de serpente, entre a mais famosa, sem dúvidas era a Medusa, que na verdade foi a vítima da Deusa Atena, e não vilã como muitos a conhece.
  • Centauros: metade homem e metade cavalo, estes eram os centauros.
  • Minotauro: com corpo de homem e cabeça de touro, este era o Minotauro.
  • Hidra de Lerna: um dragão enorme que para cada cabeça cortada, nasciam outras duas!

     Enfim, eram MUITOS os personagens da Mitologia Grega. Temos um Artigo em nosso site onde falamos especificamente sobre cada um deles, inclusive, elementos como a Titanomaquia, Religião e a Criação do Mundo. Basta clicar Aqui e selecionar sua matéria favorita!

Os Argonautas:

     Único épico helenístico conservado até os dias atuais, Argonáutica, de Apolônio de Rodes, narra o mito da jornada de Jasão e os Argonautas para recuperarem o Velo de Ouro da terra mítica de Cólquida. Em Argonáutica, Jasão é impelido à sua busca pelo rei Pélias, que havia recebido uma profecia onde um homem de sandálias se tornaria seu nêmesis. Jasão perde uma sandália em um rio da região, chegando na corte de Pélias e iniciando, assim, a epopeia. Quase todos os membros da seguinte geração de heróis, assim como Hércules, partiram com Jasão ao Argo para buscar o velo de ouro. 

     Essa geração de heróis também inclui: o mito de Teseu, que partiu à Creta para enfrentar o Minotauro; Atalanta, uma heroína feminina, Meleagro, que por sua vez tinha um ciclo épico que rivalizava com a Ilíada e a Odisseia, Idas, que lutou contra Apolo por Marpessa, os filhos de Boreas: Zeto e Calais, que entram em campo importante papel na ilha de Fineu e na luta contra os Cinocéfalos, Laerte, pai de Ulisses e também Peleu, pai de Aquiles.

Os Deuses Gregos:

     Os Deuses Gregos tinham representação humana, eram imortais e também sentiam necessidades do homem: amor, fome e também cometiam MUITOS erros, assim como nós, humanos. Dentre parte dos deuses mais poderosos, estão os Deuses do Olimpo (que viviam no Monte Olimpo) e estes são considerados os principais deuses do panteão grego.

     Sendo eles: Zeus, Hera, Poseidon, Deméter, Dionísio, Afrodite, Apolo, Ares, Ártemis, Atena, Hefesto e Ártemis. No entanto, muitas das vezes, mais 3 deuses eram somados: Hades, Héstia e Asclépio.

Principais Deuses da Mitologia Grega:

     Ao contrário do que muitos pensam, os Deuses Olímpicos não são os principais Deuses da Mitologia Grega, pois estes deuses ficaram conhecidos somente após vencerem os Titãs em uma Guerra que durou 10 anos. Antes deste, já existiam outros deuses, chamados de "deuses primordiais" sendo eles:

  • Caos: a primeira divindade a surgir no universo (é o primeiro Deus Grego);
  • Nix: deusa da noite! É a filha de Caos;
  • Érebo: o deus da escuridão (também é o local onde as almas ruins vão após sua morte);
  • Tártaro: deus das trevas (também é o local onde as almas mais perversas vão após sua morte, seria comparado hoje ao inferno da cultura judaico cristã)
  • Prometeu: Foi aquele que a partir do barro criou os seres humanos (também deu o fogo aos homens);
  • Gaia: a mãe terra (é a representação do nosso planeta) vivemos em Gaia (Gaia = Terra em Grego);
  • Urano: deus do céu (antecessor de Zeus) e marido de Gaia;
  • Chronos: o tempo. Não, não é o titã pai de Zeus;
  • Oceano: como o próprio nome diz, é o deus dos mares (representação dos oceanos);
  • Óreas e Nesos: são as ilhas e as montanhas;
  • Éolo: divindade principal dos ventos;
  • Hélio: seria a divindade solar antecessor a Apolo.

     Lembrando, muitas dessas divindades são conhecidas como Titãs (também são conhecidos como Deuses Anciãos) e embora existam dezenas a mais, trouxemos as principais. Caso você queira conhecer todos os Deuses Gregos, recomendamos este artigo aqui.

Deuses Romanos:

     Costumamos dizer que os Deuses Romanos são uma cópia mais agradável dos Deuses Gregos, pois seus nomes são mais agradáveis e no caso das principais divindades, são representados por planetas. Veja.

  • Zeus é Júpiter na Mitologia Romana;
  • Cronos é Saturno.
  • Ares é Marte e;
  • Hermes é Mercúrio.
  • A única divindade principal que não tem nome literal de um planeta, é Gaia (que significa Terra);
  • Também existem alguns outros deuses exclusivos da Mitologia Romana como Juno Moneta (a deusa do dinheiro) e Laverna (a deusa dos ladrões). 

Mito de Narciso:

     Segundo Ovídio, Narciso era um rapaz plenamente dotado de beleza. Seus pais eram o deus do rio Cefiso e da ninfa Liríope. Dias antes de seu nascimento, seus pais resolveram consultar o oráculo Tirésias para saber qual seria o destino do menino. E a revelação do oráculo foi que ele teria uma longa vida, desde que nunca visse seu próprio rosto. Narciso cresceu, e se transformou um jovem bonito de Beócia, que despertava tanto em homens quanto em mulheres, mas era muito orgulhoso e tinha uma arrogância que ninguém conseguia quebrar. Até as ninfas se apaixonaram por ele, incluindo uma chamada Eco que o amava incondicionalmente, mas o rapaz a menosprezava. As moças desprezadas pediram aos deuses para vingá-las.

     Para dar uma lição ao rapaz frívolo, a deusa Némesis, (como um aspecto de Afrodite) o condenou a apaixonar-se pelo seu próprio reflexo na lagoa de Eco. Encantado pela sua própria beleza, Narciso deitou-se no banco do rio e definhou, olhando-se na água e se embelezando. Depois da sua morte, Afrodite o transformou numa flor, Narciso. Até em sua morte, ele tentava ver nas águas do Estige as feições pelas quais se apaixonara.

Cristianismo e Idade Média:

     A ampla adoção do cristianismo no Ocidente não freou a popularidade dos mitos greco-romanos. Com o redescobrimento da antiguidade clássico no Renascimento, uma poesia de Ovídio se converteu em influência importante para a imaginação dos poetas, dramaturgos, músicos e artistas ocidentais. Desde os primeiros anos do Renascimento, personalidades como Leonardo da Vinci, Michelângelo e Rafael retrataram os temas pagãs da Mitologia Grega adicionando temas cristianos mais convencionais. Mediante o latim e as obras de Ovídio, os mitos gregos influenciam poetas medievais e renascentistas como Petrarca, Boccaccio e Dante, na Itália.

     No Norte da Europa, a mitologia grega nunca alcançou a mesma importância nas artes visuais, mas sua influência na literatura foi colossal. Os mitos gregos produziram efeitos na imaginação inglesa de nomes como Chaucer e John Milton e seguiu em destaque de Shakespeare em Robert Bridges, no século XX. Racine da França e Goethe da Alemanha reviveram os dramas do teatro grego antigo, reinterpretando os mitos mais antigos.